Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/estadoms/public_html/single.php on line 7

Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/estadoms/public_html/single.php on line 7
Duplo atentado contra mesquitas sunitas mata 29 no norte do Líbano
 
 
                       
 
                       
 
 
 
 
 
   
         
 
 
 
 
 
 
   Ronei Ribeiro | visualizações: 809   

Duplo atentado contra mesquitas sunitas mata 29 no norte do Líbano



Pelo menos 29 pessoas morreram nesta sexta-feira em um duplo atentado contra mesquitas sunitas na cidade de Trípoli, no norte do Líbano. A ação, que segundo forças de segurança, parece ser coordenada, acontece uma semana após outro ataque a uma área dominada pelo grupo radical xiita Hizbullah. A cidade passa nos últimos dois anos por forte conflito sectário entre sunitas e xiitas da vertente alauita, como um reflexo dos confrontos entre rebeldes e o regime de Bashar al-Assad na vizinha Síria. Bairros rivais brigam entre si e diversos ataques de caráter religioso aconteceram na região. Segundo o ministro da Saúde, Ali Hassan Khalil, outras 500 pessoas ficaram feridas. Porém, as equipes de resgate afirmam que o número de mortos pode aumentar. As explosões aconteceram na saída da oração do meio-dia de sexta, dia sagrado para os muçulmanos, nos templos de Taqwa e al-Salam, ambos frequentados por fiéis sunitas radicais. Dois carros-bomba estacionado ao lado das mesquitas foram detonados, causando destruição aos templos e veículos estacionados ao lado. As duas explosões também estilhaçaram vidros de prédios vizinhos e uma grande nuvem de fumaça que pode ser vista de toda a cidade. Dezenas de ambulâncias foram ao local socorrer os feridos, que foram levados a diversos hospitais O duplo atentado ocorre uma semana após um atentado contra uma área dominada pelo grupo radical xiita Hizbullah na capital Beirute, que deixou 27 mortos e 336 feridos. A ação foi reivindicada pelas Brigadas de Aisha, grupo terrorista desconhecido que se diz aliado dos rebeldes sírios. A entidade afirmou que era um segundo alerta ao líder do Hizbullah, Hassan Nasrallah, que enviou tropas à Síria em auxílio ao regime de Bashar al-Assad. Devido ao reforço libanês, Damasco ganhou território em áreas na fronteira com o Líbano, o que permitiu diminuir o fornecimento de armas aos insurgentes.

DATA DA POSTAGEM 08/09/2013

Gostou! Compartilhe com os amigos.



Deixe seu comentário


 
 
 

 
 
         

 
procurar notícias

 
 
 
Todos os direitos reservados
redação 67 84569691
Acessos: 2754360