Ronei Ribeiro | visualizações: 52   

Reinaldo Azambuja discute com embaixador da Coreia potencial de MS para investimentos



 
 
Encontro com comitiva sul-coreana ocorreu nesta quarta-feira no gabinete do governador e contou com a presença do secretário de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico.
 
 O potencial de Mato Grosso do Sul para aumentar as exportações agropecuárias e atrair empresas asiáticas para se instalarem no Estado foi apresentado pelo governador Reinaldo Azambuja ao embaixador da República da Coreia no Brasil, Jeong-gwan Lee, durante encontro diplomático ocorrido na manhã desta quarta-feira (2.8), na Governadoria.
 
Acompanhado da embaixatriz Jong Ran Park e da primeira-secretária para Assuntos Econômicos, Sewon Kim, Jeong afirmou que a visita foi feita para verificar as potencialidades de MS para o setor privado coreano. “A gente vê que o agronegócio é uma área de grande potência no Estado”.
 
O ponto principal da conversa foi o fornecimento de gêneros alimentícios ao país asiático. De acordo com ele, a segurança alimentar é uma das grandes necessidades de seu País. “Dependemos da importação de produtos alimentares”, comentou.
 
 
Casal de embaixadores da Coreia (ao centro) e primeira-secretária (esq.) conversam com governador e secretário da Semagro.
O governador destacou que Mato Grosso do Sul tem condições de suprir essa demanda. “Mato Grosso do Sul recebeu nesses dois anos e meio muitos investimentos privados. Mesmo nessa retração da economia brasileira, nós tivemos PIB [Produto Interno Bruto] positivo”, disse. Ele enfatizou também a pujança da produção agropecuária e a expectativa de crescimento da economia do Estado para as próximas décadas, como fatores promissores para atrair investimentos.
 
Parceria
 
Também foi tratada a possibilidade de parceria entre a Coreia e MS para grandes obras de infraestrutura, por meio de Parcerias Público-Privadas. Entre elas, obras rodoviárias e ferroviárias para atender o setor logístico. A Rota Bioceânica foi outro ponto tratado na conversa com a comitiva coreana.
 
Reinaldo Azambuja destacou a abertura para acordos não somente econômicos, mas no sentido de estreitar laços com o país criando um intercâmbio comercial e cultural.
 
O embaixador pediu ainda apoio do governador no sentido de reforçar as tratativas junto ao Governo Federal para abertura do mercado brasileiro às empresas coreanas – o que já vem sendo discutido no âmbito nacional. “O primeiro setor que poderá ser o maior beneficiado é justamente o agropecuário”, adiantou.
 
Presente no encontro, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, enfatizou a possibilidade de a parceria incluir tecnologia voltada ao agronegócio. “A Coréia poderia investir em agricultura de precisão, por meio de start-ups e desenvolvimento de equipamentos”, disse durante o encontro. 
 
Conforme o secretário, a iniciativa da Embaixada da Coréia em conhecer o potencial do Estado sinaliza o reconhecimento à economia estadual.  “Mostra que Mato Grosso do Sul está no foco dos investimentos”, concluiu Verruck.
 
 

DATA DA POSTAGEM 03-08-2017

Gostou! Compartilhe com os amigos.



Deixe seu comentário


 
 
 

 
 
         

 
procurar notícias

 
 
 
Todos os direitos reservados
redação 67 84569691
Acessos: 2651411