Ronei Ribeiro | visualizações: 10   

Prefeitura abre licitação para equipamentos eletrônicos de fiscalização do trânsito



 
 
A Prefeitura de Campo Grande lança concorrência de licitação de equipamentos  eletrônicos de fiscalização do trânsito, publicada no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande). A licitação é do tipo menor preço – os valores de referência são estabelecidos para cada serviço de forma individual e constam no edital.
 
De acordo com a publicação, a concorrência tem como objeto a contratação de empresa especializada para a prestação de serviço contínuo de gerenciamento dos equipamentos registradores de infrações de trânsito, com registro de imagens, do tipo automático e sensores não intrusivos, radar estático portátil, câmeras para fiscalização por videomonitoramento e talonários eletrônicos de infração nas vias de Campo Grande.
 
Edital
 
As empresas interessadas deverão entregar a documentação e a proposta no dia 6 de novembro, às 8 horas, na sala de reuniões da Dicom (Diretoria-Geral de Compras e Licitação. Os interessados poderão obter as cópias do edital e seus anexos , gratuitamente pela Internet, no endereço http://transparencia.capital.ms.gov.br/licitacoes/ ou diretamente na Diretoria-Geral de Compras e Licitação.
 
O diretor-presidente da Agetran, Janine Bruno destaca que passado o processo licitatório e feita a homologação, será feito o contrato com a empresa vencedora que prevê o prazo de dois anos. De acordo com o edital, estão previstas radares em 97 faixas e mais 30 faixas de lombadas eletrônicas, além de equipamentos mistos que são aqueles localizados em cruzamentos semafóricos que irão fiscalizar conversão à esquerda, parada sobre faixa, velocidade e infração por passagem em sinal vermelho. “São equipamentos previstos, mas isso não quer dizer que iremos utilizar todos de uma só vez. Serão instalados de acordo com a necessidade e os recursos”, projetou Janine.
 
Talonário eletrônico
 
O contrato prevê ainda a aquisição de três equipamentos de radar estático portátil e talonários eletrônicos. Os equipamentos de talão eletrônico serão utilizados pelos Agentes de Trânsito e irão modernizar e agilizar as ações de fiscalização. “Esses equipamentos vão contribuir para que os Agentes de Trânsito possam ter dados diretamente da base do Detran/MS e lançar informações consultando esses dados, como por exemplo se o carro é roubado”, explicou o diretor
 
Os equipamentos de videomonitoramento de trânsito que estão na lista de aquisições do futuro contrato serão outros meios importantes de fiscalização no trânsito da capital. “Serão equipamentos mais modernos, de última geração, que têm um zoom de imagem que é possível ver detalhes de dentro do carro, por exemplo, se o motorista está com cinto. Será possível fiscalizar de dentro da Base de Videomonitoramento da Agetran e o infrator sendo multado com a comprovação da imagem”, informou.
 
Os locais a receberem os novos equipamentos poderão ser os mesmos dos já existentes, mas o diretor da Agetran adiantou que já existe um estudo que pode acrescentar locais ou alterar alguns pontos que já não são necessários os radares e novas vias poderão ser alvo de implantação desses equipamentos. “Estamos realizando estudos técnicos ao longo de diversas vias que, futuramente, poderão receber radares”, destacou.
 
Equipamentos modernos
 
Os equipamentos atuais serão removidos para a inserção dos novos pela empresa vencedora da licitação. “Os novos equipamentos serão com tecnologia de ponta, o que há de melhor no mercado. Nos cruzamentos, os semáforos deverão ter sensores bem mais eficientes, podendo ser sensores aéreos. O que pretendemos é fiscalizar e deixar um trânsito mais seguro, evitando as transgressões que causam os acidentes e as mortes no trânsito”, concluiu.
 

DATA DA POSTAGEM 05-10-2017

Gostou! Compartilhe com os amigos.



Deixe seu comentário


 
 
 

 
 
         

 
procurar notícias

 
 
 
Todos os direitos reservados
redação 67 84569691
Acessos: 2595737