Ronei Ribeiro | visualizações: 560   

Felipe Orro reforça importância de aprovar autonomia à UEMS



Conforme Orro, UEMS merece investimentos. Após a aprovação de um projeto que garante o aumento de repasse para a Unemat (Universidade do Estado de Mato Grosso), o deputado estadual Felipe Orro (PDT) voltou a ressaltar a necessidade da aprovação da proposição que dá autonomia à UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul). 

 
“Com a aprovação do projeto, será retirado 2% da corrente líquida do Estado do Mato Grosso para a Unemat. Também será acrescido 0,1% todo ano ao orçamento até 2018. Nosso estado vizinho está de parabéns e devemos seguir o exemplo, aprovando também a autonomia da UEMS”, disse Felipe Orro na tribuna, durante a sessão desta quarta-feira (11/9). 
 
 
Orro é autor do projeto que dá autonomia didático-científica, administrativa e financeira à UEMS. Para isto, o governo estadual deverá aplicar anualmente um percentual de sua receita corrente líquida para manutenção e desenvolvimento da instituição. Segundo o deputado, o orçamento da UEMS está em R$ 140 milhões, no entanto, o Executivo repassa R$ 100 milhões. 
 
 
“Noventa por cento dos alunos da UEMS são do Mato Grosso do Sul, sendo que 78% deles cursaram o ensino médio em escolas públicas. 87% dos acadêmicos formados permanecem trabalhando em Mato Grosso do Sul. Tudo isso justifica o investimento na UEMS, que é o orgulho do nosso Estado”, destacou Orro. 
 
 
O deputado Laerte Tetila (PT) também defende a urgência na aprovação da autonomia da UEMS. “É justa a autonomia da UEMS. Não se trata de despesas ou gastos, mas sim de investimentos, já que vivemos hoje a sociedade do conhecimento”, afirmou. 
 
 
Pedido de vistas do deputado Marquinhos Trad (PMDB), adiou ontem a votação do projeto na CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação). “Acreditamos na sensibilidade dos parlamentares e vamos conseguir aprovar em plenário a aprovação da autonomia da UEMS”, concluiu Orro.

DATA DA POSTAGEM 12/09/2013

Gostou! Compartilhe com os amigos.



Deixe seu comentário


 
 
 

 
 
         

 
procurar notícias

 
 
 
Todos os direitos reservados
redação 67 84569691
Acessos: 2675761