Warning: mysql_query(): Access denied for user ''@'localhost' (using password: NO) in /home/estadoms/public_html/single.php on line 7

Warning: mysql_query(): A link to the server could not be established in /home/estadoms/public_html/single.php on line 7
Cobertura da Estratégia de Saúde da Família é ampliada para 51% em Campo Grande
 
 
                       
 
                       
 
 
 
 
 
   
         
 
 
 
 
 
 
   Ronei Ribeiro | visualizações: 66   

Cobertura da Estratégia de Saúde da Família é ampliada para 51% em Campo Grande



 
 
No último ano, a Estratégia Saúde da Família (ESF) teve um salto de quase 19% em  Campo Grande. De acordo com a Coordenadoria de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), a área de cobertura passou de 33,42% em janeiro de 2017 para 51,52% em janeiro deste ano, o que representa um avanço significativo no atendimento prestado à população.
 
A ampliação e modernização na rede de saúde, que tem sido feita na atual gestão, é o principal motivo do aumento na cobertura e, consequentemente, traz melhorias no acesso aos serviços básicos de saúde. Tais mudanças são fundamentais para a implementação das chamadas Clínicas da Família e fazem parte do plano de fortalecimento da Atenção Básica. Em 2017, uma nova unidade de saúde foi inaugurada (UBSF Sírio Libanês) e mais quatro devem ser entregues ainda este ano.
 
“Para nós esta é uma excelente notícia, que recebemos com muita alegria, pois é fruto de muito trabalho e dedicação. Agora, vamos mostrar o que uma saúde pública melhor equipada é capaz de fazer, desafogando as urgências e dando maior resolubilidade aos problemas na Atenção Primária”, destaca o secretário municipal de Saúde, Marcelo Luiz Brandão Vilela.
 
O coordenador da Atenção Básica, Gabriel Valdes, explica que  esta evolução se deu devido à execução do plano de Expansão da Estratégia de Saúde da Família proposto no Plano Plurianual – PPA 2014/2017, além das ações planejadas ao longo do ano passado.
 
“Em janeiro de 2017, este plano avançou pouco em relação ao que estava programado para os três primeiros anos. Após readequação, seguindo critérios de disponibilidade de instalações prediais e necessidade populacional, o plano foi aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde e executado pela Coordenação da Rede de Atenção Básica em dezembro de 2017 e janeiro de 2018”, complementa.
 
Nesta expansão, foram criadas e habilitadas junto ao Ministério da Saúde 35 novas equipes de Estratégia de Saúde da Família que prevê, em cada uma, um médico generalista, um enfermeiro e dois técnicos de enfermagem, além dos agentes comunitários que já faziam a cobertura das áreas.
 
Oito Unidades Básicas de Saúde (UBSs), que possuem financiamento exclusivo do Município, foram convertidas em Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs)  e 10 UBSFs receberam mais equipes para a adequada assistência dos territórios de abrangência das unidades.
 
As unidades cujo modelo foi convertido para ESF estão em período de transição, com seus processos de trabalho em mudança e em processo de educação permanente.
 
“Com uma cobertura mais expressiva da ESF, o acesso aos serviços básicos de saúde estarão mais disponíveis à população, aumentando o vínculo dos usuários e a resolução de agravos à saúde ainda na Atenção Básica, diminuindo a necessidade de uso de serviços da atenção especializada e urgência; diminuindo, assim, o custo com a recuperação da saúde, através da prevenção e intervenção nas patologias antes que evoluam para formas mais graves”, finaliza o coordenador.
 
A Rede de Atenção Básica é composta  por 24 Unidades Básicas de Saúde (UBS), 42 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), 05 Policlínicas Odontológicas e 03 Ônibus para atendimento Odontológico – Odontomóvel.
 
 

DATA DA POSTAGEM 02-03-2018

Gostou! Compartilhe com os amigos.



Deixe seu comentário


 
 
 

 
 
         

 
procurar notícias

 
 
 
Todos os direitos reservados
redação 67 84569691
Acessos: 2754382